domingo, 18 de abril de 2010

Se Para Crianças, Para Crianças Então


Ultimamente, quando uma animação é lançada, a pressuposição infantil da trama se restringe à essência tramática. Todos os ângulos e piadas do filme são voltados para os menos pimpolhos. “Como Treinar seu Dragão” foge às regras retomando regras mais primitivas, quando filme de criança era feito para criança.

O diretor Peter Hastings, que também dirigiu e produziu alguns capítulos do saudoso “Animaniacs”, embora não tenha conduzido muitas produções no meio animativo até hoje, soube, nessa obra, criar excelentes expressões e muitas sutilezas digitais, fazendo do longa uma experiência promovível.

Mas, já adianto de antemão ter graves dificuldades em parabenizar diretores de animação! Afinal, o mérito está na direção ou nos outros processos de criação? Honestamente, é um trabalho cinematográfico muito mais coletivo que qualquer outro. Não posso exatamente oferecer-lhe os louros!

O filme, enfim, não propõe uma fórmula inovadora de enredo, mas também não erra. Trata-se de duas espécies (vikings e dragões), inimigas há mil anos que, subitamente, se descobrem próximas em vários aspectos. Surge uma amizade proibida.

O resto é um despejado de clichês encaixados minuciosamente nas cenas mais adequadas, fazendo da película uma obra sensível e divertida. E para quem acha que clichês são o demônio do cinema americano, ouso defendê-lo aqui quando bem aproveitado. Funciona, oras!

Já a opção 3D não passa de uma opção. É que esses óculos ainda não me convenceram de outra que não a exclusiva incumbência anti-pirataria, porém, se com esse propósito, não justifica ingressos mais caros. Vale pela alegoria, aos que tendem aos caprichos tecnológicos. Nem melhor, nem pior.

Para quem acha que filme de criança pode ser agradável, mesmo aos adultos, eis a sugestão infalível. Ainda que em uma despretensiosa terça-feira qualquer. E às terças-feiras quaisquer, bom é quando tudo termina bem, e terminou!

2 comentários:

Anônimo disse...

Me deja muy contenta saber que todo ha terminado bien! Me quedo un dia más en la Republica, y luego regresso, llena de cosas que decir y obviamente, que oir!
Besos!

Parangolu disse...

animação! isso me lembrou um filme muito interessante, na verdade um documentário em animação: valsa com bashir. nada para crianças, mas vale a pena.
ainda não assisti a "como treinar seu dragão".